Página Alma Pampeana 30/09/2013

ADÁGIOS
* Mais atirado do que interesse de viúva. 
* Botar mais coisa na (boca de alguém) que água em pirão de quartel.
* Cobiçada como anca de viúva nova e bonita.
* Como toza de porco: muito gripo e pouca lã.
* Coxuda como leitoa no engorde.

ACONTECIDO
* 23/09/1864 – Marca o nascimento de Honório Lemes da Silva – O Leão do Caverá.
* 23/09/1901 – Nascia Alberto Pasqualini – Senador, nasce em Júlio de Castilhos – RS.
* 30/09/1930 – Falecia Honório Lemes da Silva – O Leão do Caverá.

DICIONÁRIO
* CARRETILHA, s. Carreta pequena, com cobertura de zinco, em geral bem pintada, puxada por uma só junta de bois, utilizada na campanha para o transporte de famílias.
* CAVALHADAS, s. Torneio em que doze cavaleiros cristãos enfrentam doze mouros, efetuando diversas escaramuças e provas de equitação, que terminam, após as propostas de paz, pelo aprisionamento dos campeões mouros.
* CAVACO, s. Contrariedade, acanhamento, aborrecimento. “F. deu o cavaco”, isto é, ficou aborrecido, decepcionado.

BENTO GONÇALVES DA SILVA
 Nasceu em Triunfo - RS, em 1788, filho de alferes. Cedo, porém, saiu de sua terra.
Em 1818 com certeza começou a sua atuação militar, quando participou da campanha do Uruguai (que culminaria com a anexação formal daquele país ao Brasil, em 1821, como Província Cisplatina).
Era maçom nessa época, pois consta que organizou várias lojas maçônicas em cidades da fronteira.
Em 1832 Bento foi indicado para um dos postos de maior influência que havia na província, o de comandante da Guarda Nacional do Rio Grande do Sul. Isto lhe dava uma posição estratégica, que soube utilizar quando da Revolução Farroupilha: sob seu comando estavam todos os corpos da Guarda Nacional, força especial que havia sido criada em 1832 e cujo oficialato era sempre composto por membros das elites de cada região.
Eleito para a primeira Assembléia Legislativa da província, que se instalou em abril de 1835, foi apontado, logo na fala de abertura, como um dos deputados que planejava um golpe separatista, que pretendia desligar o Rio Grande do Brasil.
A partir desse momento, a situação política na província se deteriorou. As acusações mútuas entre liberais e conservadores eram feitas pelos jornais, as sessões da Assembléia eram tumultuadas. Enquanto isto, Bento Gonçalves articulava o golpe que teve lugar no dia 19 de setembro.
No dia 21, Bento Gonçalves entrou em Porto Alegre. Permaneceu na cidade por pouco tempo, deixando-a para comandar as tropas revolucionárias em operação na província. Exerceu esse comando até dois de outubro de 1836, quando foi preso no combate da ilha do Fanfa (em Triunfo), junto com outros líderes farrapos. Foi então enviado para a prisão de Santa Cruz e mais tarde para a fortaleza de Lage, no Rio de Janeiro, onde chegou a tentar uma fuga, da qual desistiu porque seu companheiro de cela, o também farrapo Pedro Boticário, era muito gordo, e não conseguiu passar pela janela. Transferiram-no então para o forte do Mar, em Salvador. Mesmo preso, sua influência no movimento farroupilha continuou, pois foi eleito presidente da República Rio-Grandense em 06 de novembro de 1836.
O Império de medo que a maçonaria fosse libertá-lo resolveu mandá-lo para o fim do mundo (Fernando de Noronha) no oceano Atlântico, o colocaram em um navio só que não sabiam que o comandante era um maçom. A maçonaria combinou com um barco típico da Bahia (saveiro) que rodeava ao redor do forte para apanhá-lo e assim o fizeram levando-o para a Ilha de Itaparica e daí para Salvador na Bahia onde o embarcam em um navio da maçonaria que o leva até Desterro, hoje Florianópolis e passando a usar o cavalo chega até Setembrino onde já estava eleito Presidente da República Rio-Grandense. Tudo a maçonaria tramou e realizou com grande sucesso. 
Faleceu em 18 de julho de 1847 em Pedras Brancas – RS.

ACONTECE
* 11 a 13/10/2013 – IX RODEIO CRIOULO INTERESTADUAL – PARQUE DE RODEIO, SC 468 LINHA PINHAL – QUILOMBO PROMOÇÃO DO CTG – CULTIVANDO A TRADIÇÃO.

CULINÁRIA CAMPEIRA
QUEBRA BIBO (10 Pessoas)

Ingredientes: 03 Kg de lingüiça; 01 dúzia de ovos; ½ de cebola; ½ Kg de tomate; 01 pimentão; 04 dentes de alho e 01 kg de farinha de mandioca.

Preparação: Tirar a pele da lingüiça, desmanchar em guisado e colocar a fritar. Depois de bem dourada, juntar todos os temperos picados bem miúdos. Quanto estiver bem frito, juntar os ovos e deixar cozinhar no molho com a panela de ferro bem tampada, juntando um pouco de sal, se a lingüiça não for bem salgada. Quando os ovos estiverem bem cozidos, misturar a farinha de mandioca, até que fique seco e enfarofado. É um prato buenacho para a madrugada, depois de uma seresta.

Ouvir pelo MediaPlayer Ouvir pelo Winamp Android iTunes Facebook